Ofertas especiais, não perca. Prazo de inscrição: 8 de fevereiro, apenas 6 dias e 6 horas restantes.

Blog

Governança na Power Platform: Desvendando a Metodologia por Trás da Ferramenta
Pesquisar

Governança na Power Platform: Desvendando a Metodologia por Trás da Ferramenta

Capa Governança na Power Platform Desvendando a Metodologia por Trás da Ferramenta_relight

Caros leitores, é com grande entusiasmo que mergulhamos em uma das questões mais cruciais e transformadoras do mundo da tecnologia: a Governança, com um enfoque dedicado à Power Platform.

Em meio ao panorama de inovação tecnológica, a governança não é meramente uma ferramenta, mas sim uma metodologia, uma filosofia que orienta como as organizações gerenciam e alavancam a Power Platform para atingir seus objetivos.

Neste artigo, iremos explorar os fundamentos da governança na Power Platform, desvendando os equívocos comuns que a cercam e demonstrando como essa metodologia é essencial para garantir a eficiência, segurança e o sucesso em sua jornada tecnológica.

Ao longo desta leitura, você será conduzido a compreender a verdadeira essência da governança na Power Platform, suas áreas de atuação, e como ela se adapta à cultura organizacional. Além disso, exploraremos ferramentas específicas e ofereceremos insights sobre como sua organização pode alcançar a maturidade na Power Platform.

Portanto, embarque conosco nesta jornada para desmistificar a governança na Power Platform e descobrir como ela pode ser um catalisador de inovação e sucesso para sua organização.

“No coração da inovação tecnológica, a governança não é só uma ferramenta; é uma metodologia, uma filosofia.”

1. O Desafio da Governança na Power Platform:

A Governança, em especial na Power Platform, é um assunto frequentemente mal interpretado na internet. Para dissipar dúvidas e elucidar esse tema, apresentamos dois equívocos comuns:

Primeiro Equívoco:

Muitos veem a governança apenas como uma ferramenta, quando na realidade, é uma metodologia que abrange todas as áreas da TI.

Segundo Equívoco:

Acredita-se que a governança é estática. No entanto, como as organizações, ela é fluida e se ajusta com a evolução da cultura organizacional.

Em nossa Formação Completa Dev Power Apps Disruptivos, mergulhamos profundamente nesse e em outros temas. Se você busca dominar este universo e fazer parte desta transformação, junte-se a nós.

Acesse Agora: Power Apps Disruptivos

2. A Analogia do Parquinho: Governança em Ação

Pensem na Governança em TI como um parquinho. Neste espaço, as crianças (nossos desenvolvedores) devem se sentir livres para brincar, explorar e inovar. Mas, para que isso ocorra com segurança, alguém precisa garantir que o ambiente seja seguro. É aí que entra a governança, assegurando que o escorregador tem corrimãos e que há um piso macio para prevenir quedas. Em essência, enquanto os desenvolvedores inovam, a governança assegura que o “parquinho” permaneça seguro e produtivo.

3. Ferramentas versus Metodologia:

Muitos acreditam que apenas a instalação de um CoE (Centro de Excelência) ou StarterKit representa uma governança efetiva. No entanto, estas são apenas ferramentas. A verdadeira governança reside na metodologia, que precisa ser personalizada para cada organização.

4. Áreas de Governança

Dentro da governança, existem diversas áreas, cada uma focando em aspectos específicos da organização ou do setor. Estas áreas garantem que o ambiente empresarial permaneça equilibrado, alinhado com as diretrizes estratégicas, e preparado para eventuais desafios.

4.1. Governança Corporativa

Esta governança é o coração do sistema. Ela foca na estrutura decisória da empresa, assegurando que as ações tomadas sejam transparentes, justas e responsáveis, valorizando a integridade na gestão.

4.2. Governança Ambiental

Visa garantir que as operações da empresa sejam sustentáveis, considerando a proteção dos recursos naturais e a minimização de impactos negativos ao meio ambiente.

4.3. Governança em TI

Esta área assegura que as operações e estratégias de TI estejam alinhadas com os objetivos da empresa, garantindo que a tecnologia seja um instrumento de amplificação dos resultados e não um obstáculo.

4.4. Governança de Dados

Imagine uma biblioteca. A Governança de Dados assegura que cada “livro” (dado) esteja em seu devido lugar, seja acessível, esteja em bom estado e seja relevante para quem precisa dele. Ela cuida da gestão, qualidade e segurança das informações.

5. Cultura Organizacional em Governança

A forma como a governança é percebida e implementada está diretamente ligada à cultura organizacional. Esta, por sua vez, é a personificação dos valores, crenças e comportamentos predominantes na organização.

5.1. Culturas Inovadoras

Empresas que cultivam um ambiente inovador encorajam a experimentação e a novidade. Elas são flexíveis, aceitam riscos calculados e valorizam a contínua evolução.

5.2. Culturas Conservadoras

Por outro lado, empresas com uma cultura mais conservadora priorizam a estabilidade e a tradição. Estas organizações muitas vezes optam por evitar riscos, valorizando processos testados e comprovados.

6. Governança em TI

A Governança em TI é uma espinha dorsal estratégica que alinha a tecnologia com os objetivos de negócio, enquanto minimiza riscos. Imagine um semáforo numa cidade digital; seu propósito é garantir que tudo flua sem congestionamentos ou acidentes.

“A Governança em TI não é apenas sobre tecnologia, é sobre alinhar visão, valores e objetivos, conduzindo o negócio em direção à excelência digital.”

6.1. Definição e Importância

A governança em TI define a forma como os recursos tecnológicos são aplicados para atingir os objetivos empresariais, garantindo eficiência e minimizando riscos. Pode-se comparar a TI com a eletricidade de uma casa: a governança em TI garante que essa “eletricidade” seja distribuída corretamente, alimentando todos os dispositivos de maneira eficaz sem causar sobrecargas.

6.2. Frameworks e Modelos

Existem inúmeros frameworks e modelos disponíveis que propõem práticas recomendadas para uma implementação eficaz da governança em TI. Esses frameworks podem ser comparados a livros de receitas: diferentes abordagens, mas todos visando um resultado excelente.

6.2.1. COBIT

COBIT é uma estrutura robusta que oferece práticas recomendadas para a gestão e governança de TI. Seus princípios são:

  • Princípio 1: Atender às Necessidades das Partes Interessadas: Garante alinhamento entre objetivos de TI e as expectativas dos stakeholders.
  • Princípio 2: Cobrir a Empresa de Ponta a Ponta: Encoraja uma visão global de TI, abrangendo todos os processos da organização.
  • Princípio 3: Aplicar um Framework Integrado: Propõe um único sistema para governança e gestão de TI.
  • Princípio 4: Habilitar uma Abordagem Holística: Promove a sinergia entre informações, tecnologia e processos.
  • Princípio 5: Separar Governança de Gestão: Estabelece fronteiras claras entre governança e operações cotidianas de gestão.

6.2.2. ITIL

ITIL é um conjunto de práticas dedicadas à gestão de serviços de TI. Ele busca garantir que os serviços de TI atendam perfeitamente às necessidades dos negócios. Pode-se pensar no ITIL como um manual de serviço para um restaurante sofisticado.

Existe uma controvérsia sobre se uma organização deve adotar apenas um ou ambos. Em minha perspectiva, a escolha depende dos objetivos e necessidades de cada empresa. Em muitos casos, eles podem coexistir e complementar-se.

Metáfora COBIT x ITIL: Pense em um restaurante sofisticado. COBIT é o chef executivo, enquanto ITIL é o chef de cozinha. Ambos têm responsabilidades cruciais e, enquanto COBIT define a visão global e garante padrões, ITIL aprofunda-se nos detalhes práticos de preparação e serviço. O sucesso culinário é alcançado quando os dois chefs colaboram harmoniosamente.

7. Equipando-se com Ferramentas Específicas para Governança na Power Platform

“A verdadeira governança não reside apenas nas ferramentas, mas em como as utilizamos para criar soluções adaptadas e únicas.”

7.1. CoE StarterKit: O Guia Inicial

O CoE (Center of Excellence) StarterKit não é apenas uma ferramenta, mas um ponto de partida. Fornecido pela Microsoft, este kit ajuda as organizações a adotar e governar a Power Platform, monitorando, estabelecendo diretrizes e impulsionando a adoção responsável.

7.2. ALM & DevOps: O Ciclo de Vida da Aplicação e a Entrega Contínua

O ALM (Application Lifecycle Management) se concentra em gerenciar o ciclo de vida completo das aplicações, desde a concepção até a retirada. E quando combinado com as práticas de DevOps, torna-se uma potente mistura que assegura não apenas o desenvolvimento, mas também a entrega contínua de soluções de TI de alta qualidade.

Mas é essencial compreender uma coisa: simplesmente adotar essas ferramentas sem uma compreensão profunda pode levar a resultados indesejados. Cada organização é única, e copiar e colar configurações de uma empresa para outra é um equívoco. É fundamental entender essas ferramentas, adaptá-las ao contexto da sua empresa e usá-las para criar uma solução de governança personalizada.

8. A Jornada de Maturidade na Power Platform

Governança e maturidade em uma plataforma são, muitas vezes, uma jornada, não um destino final. E como toda jornada, há altos e baixos, avanços rápidos e momentos de introspecção.

Não Desanime na Jornada

Se ao avaliar a maturidade da sua organização você descobrir que ainda está no começo, não se desanime. Cada organização tem seu ritmo, influenciado por sua cultura, história e visão. Algumas empresas, devido a culturas organizacionais mais tradicionais, podem ter um caminho mais longo e cuidadoso. O importante é reconhecer onde você está e determinar para onde quer ir.

Modelo de Maturidade de Adoção da Power Platform

Este modelo tem como objetivo auxiliar organizações a refletir sobre como aprimorar suas capacidades na Power Platform. No entanto, vale ressaltar que a tomada de decisão não deve se basear apenas nas capacidades tecnológicas disponíveis. É crucial considerar a estratégia de transformação digital da organização como um todo. As escolhas feitas devem estar alinhadas não apenas com os recursos tecnológicos, mas também com os objetivos estratégicos e culturais da empresa.

A seguir, apresentaremos a tabela de nível de maturidade. Analise-a com atenção, use-a como um guia e lembre-se de que, com esforço e dedicação, qualquer empresa pode evoluir e atingir seus objetivos na Power Platform.

Governança na Power Platform: Desvendando a Metodologia por Trás da Ferramenta

Continue Aprendendo e Crescendo

Mesmo que sinta que sua organização ainda não está com as “portas totalmente abertas” para a plena maturidade na Power Platform, continue estudando e aprendendo. Seu comprometimento e dedicação serão cruciais para guiar sua empresa nesse caminho. Lembre-se: cada passo dado, mesmo que pareça pequeno, é um avanço rumo à transformação e inovação.

Junte-se a Nós na Jornada de Governança

Acreditamos que a educação e a formação contínua são chaves para a excelência em governança. Em nossa Formação Completa Power Apps Disruptivos, oferecemos mais de 300 aulas dedicadas a dominar a Power Platform, incluindo um módulo completo focado na Governança na Power Platform.

Deseja ter acesso a um mapa mental completo sobre Governança na Power Platform?

>>>> Clique aqui para baixar. <<<<

E se você busca uma formação profunda, junte-se a nós. Descubra, aprenda e evolua com a nossa plataforma. Clique na imagem abaixo e embarque nessa jornada transformadora conosco!

Seja um de nossos alunos Disruptivos, escolha um dos nossos treinamentos, para ter seu negócio com resultado.
Me siga no YouTube para receber toda semana novos vídeos ensinando tudo sobre Marketing Digital & Dropshipping.
Junte-se agora à nossa Comunidade Exclusiva no Telegram e tenha acesso a dicas e estratégias exclusivas.
Não perca a oportunidade de crescer e aprender ainda mais! Siga agora meu perfil no Instagram.
Seja um de nossos alunos Disruptivos, escolha um dos nossos treinamentos, para ter seu negócio com resultado.
Me siga no YouTube para receber toda semana novos vídeos ensinando tudo sobre Marketing Digital & Dropshipping.
Junte-se agora à nossa Comunidade Exclusiva no Telegram e tenha acesso a dicas e estratégias exclusivas.
Não perca a oportunidade de crescer e aprender ainda mais! Siga agora meu perfil no Instagram.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Receba Nossos Melhores Conteúdos Grátis

Cadastre-se para ter acesso ao conteúdo exclusivo e ficar sabendo em primeira mão tudo a respeito sobre novos conteúdos e formações.

Também não gosto de SPAM e prometo manter o seu endereço de e-mail seguro.

Garanta sua vaga no nosso Grupo VIP no TELEGRAM

Abrir bate-papo
1
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?